Ebola – Vírus, Sintomas, Tratamento, Cura

Ebola conhecida como febre hemorrágica

O víris Ebola é um de pelo menos 30 vírus conhecidos capazes de causar a síndrome da febre hemorrágica. Embora os agentes que causam a síndrome de febre viral hemorrágica constituem um grupo geograficamente diversificado de vírus, até à data, todos são vírus de RNA.

Embora alguns dos vírus da febre hemorrágica são normalmente transmitidos por carrapatos e mosquitos, todos, exceto um (ou seja, dengue hemorrágica) são capazes de se espalhar por aerossóis, tornando esses vírus potenciais agentes do bioterrorismo.

O Ébola é causado pelo vírus pertencente à família chamado Filoviridae. Cientistas identificaram cinco tipos de vírus Ebola. Três fsão capazes de causar doenças em humanos.

A doença pode ser passada para os seres humanos a partir de animais infectados e materiais de origem animal. Ebola pode também ser transmitido entre seres humanos por contato com fluidos corporais infectados ou através de agulhas infectadas no hospital.

Durante o período de incubação, que pode durar cerca de 1 semana após a infecção, os sintomas incluem: artrite, dor lombar, calafrios, diarréia, fadiga, febre, dor de cabeça, mal estar, garganta inflamada, vômitos. Os sintomas tardios incluem: sangramento dos olhos, ouvidos e nariz, hemorragia digestiva, depressão, conjuntivite, inchaço genital, erupção por todo corpo.

Não há nenhuma cura conhecida para o Ebola. Medicamentos existentes que combatem os vírus (medicamentos antivirais) não funcionam bem contra o vírus. O paciente normalmente é hospitalizado e muito provavelmente irá precisar de cuidados intensivos. Sehouver problemas de sangramento pode exigir transfusões de plaquetas ou de sangue fresco.

Cerca de 90% dos pacientes morrem da doença. Os pacientes geralmente morrem de pressão arterial baixa. Os sobreviventes podem ter problemas incomuns, tais como perda de cabelo e alterações sensoriais.

 

 





Autora da matéria :

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *