Depressão no idoso: Tratamento e Diagnostico

Fatores que levam a depressão em idoso

A depressão clínica no idoso é comum. Embora, isso não quer dizer que seja normal. Depressão de fim de vida afeta milhões de pessoas com mais de 65 anos. Mas apenas 10% recebem diagnostico e tratamento para a depressão. A razão provável é que as pessoas idosas frequentemente apresentam sintomas de depressão de forma diferente. Depressão em idosos também é freqüentemente confundida com os efeitos de várias doenças e dos medicamentos usados ??para tratá-los.

Depressão afeta pessoas idosas de forma diferente do que as pessoas mais jovens. Nos idosos, a depressão muitas vezes ocorre com outras doenças e incapacidades médicas e dura mais tempo.

Depressão em idosos pode dobrar o rico de doenças cardíacas e aumentar o risco de morte por doença. Ao mesmo tempo, a depressão reduz a capacidade de uma pessoa idosa se reabilitar. Por essa razão, certificando-se que uma pessoa idosa seja diagnosticada e tratada é muito importante, mesmo que a depressão seja leve.

A depressão também aumenta o risco de suicídio, entre homens brancos, especialmente idosos. A taxa de suicídio em pessoas com idades entre 80 a 84 é mais que o dobro da população em geral.

Além disso, o avanço da idade é muitas vezes acompanhada pela perda de sistemas de apoio social devido à morte de um dos cônjuges ou irmãos, aposentadoria ou transferência de residência. Devido a mudanças na vida de uma pessoa idosa, muitas vezes a depressão acaba passando desapercebida. Como resultado, o tratamento eficaz, muitas vezes se atrasa, forçando muitas pessoas idosas ltarem sozinhas contra a depressão.

A insônia é normalmente um sintoma de depressão. Novos estudos revelam que a insônia também é um fator de risco para o aparecimento da depressão e recorrência – particularmente em idosos.

Para tratar a insônia, os especialistas recomendam as drogas mais recentes “hipnóticos”, que são seguros e eficazes em pessoas idosas. Se não houver melhora no distúrbio do sono e / ou depressão, um psiquiatra ou psicofarmacologista pode prescrever medicamentos e / ou psicoterapia.

Fatores que aumentam o risco de depressão em idosos incluem: ser do sexo feminino, ser soleiro (divorciado ou viuvo), falta de uma rede social de apoio, estresse.

Condições físicas, como acidente vascular cerebral, hipertensão, fibrilação atrial, diabetes, câncer, demência e dor crônica aumentam ainda mais o risco de depressão.

Depressão no idoso 1

Depressão no idoso 5

Depressão no idoso 3

Depressão no idoso 2

Tipos de Residencia para Idosos 5

 





Autora da matéria :

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *