Como Tratar Hipertensão em Crianças

Você pode conhecer a hipertensão pelo seu outro nome, pressão alta. E você pode ter pensado nisso como uma condição associada aos adultos. Mas as crianças também podem ter pressão alta, mesmo quando bebês.

Embora a hipertensão seja muito mais comum entre os adultos, a taxa entre as crianças está aumentando, uma tendência que os especialistas relacionam à obesidade infantil. Na verdade, estima-se que três por cento das crianças tenham pressão alta. Nos bebês, geralmente é causado por prematuridade ou problemas nos rins ou no coração. Em crianças pequenas, a hipertensão é frequentemente um sintoma de outras doenças ou distúrbios. Mas também pode ocorrer pelas mesmas razões que os adultos adquirem.

Muitas crianças e adolescentes com pressão alta não têm outros problemas de saúde, mas têm uma história familiar de hipertensão. Outros contribuintes podem ser um estilo de vida pouco saudável – uma dieta ruim, excesso de peso, estresse e insuficiente atividade física.

Prevenção e Tratamento

Como crianças com hipertensão tendem a sofrer mais eventos cardiovasculares mais tarde na vida, a intervenção precoce é fundamental para reduzir a pressão arterial e manter o controle a longo prazo.

Estes incluem mudanças de estilo de vida como:

-Se a obesidade é uma causa possível, o primeiro passo será fazer a criança perder peso. Isso precisará ser monitorado de perto pelo seu pediatra. Não só a perda de peso diminui a pressão arterial, como também pode proporcionar muitos outros benefícios para a saúde.

-Limite o sal na dieta. Não fazer uso de sal de mesa e restringir alimentos salgados pode diminuir a pressão arterial em alguns pacientes. Fontes comuns de alimentos salgados incluem pão, carnes frias, pizzas e alimentos preparados fora de casa.

-Tenha cuidado ao comprar alimentos enlatados e processados porque contém grande quantidade de sal, portanto, verifique os rótulos com cuidado para garantir que os itens tenham pouco ou nenhum sal adicionado.

-Ajude a criança a fazer mais exercícios aeróbicos. A atividade física aeróbica pode reduzir a pressão sanguínea, devido ao seu efeito sobre os vasos sanguíneos e o coração – mesmo quando os pacientes não perdem peso. É recomendado 60 minutos de atividade física por dia.

Se não for tratada, a pressão alta pode eventualmente levar a danos ao coração, cérebro, rins e olhos. Mas se for detectada precocemente, monitorada e tratada, uma criança com pressão alta pode levar uma vida ativa e normal.

Para conhecer outras formas de baixar a pressão arterial em crianças e adultos baixe o livro digital HIPERTENSÃO: COMO EVITAR, PREVINA-SE!.





Autora da matéria :

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *