Como Negociar Dívidas

Como Negociar Dívidas como profissional

Muitos brasileiros têm dividas atrasadas e não sabem como negociar dividas para ter ser nome limpo novamente e longe dos arquivos do serasa. Mas é importante que o consumidor saiba que pode negociar com os seus credores e acabar pagando um valor significativamente menor do que o que é devido.

Para começar a negociar dívidas, primeiramente é importante parar de gastar. Depois pegue uma agenda e anote todas as suas dividas.Antes de prosseguir, é importante mencionar que este caminho não é fácil, e os credores não são pessoas fáceis de lidar.

– Antes de começar negociar suas dívidas, determine o valor mínimo para as prioridades da sua família. O que sobrar você usará para pagar dívidas.

– Também é necessário economizar no consumo de água, luz, telefone. Todas da casa precisam se empenhar para pagar as dividas.

– Caso tenha dívidas em nome de outras pessoas, como fiadores, estas merecem prioridade.

– Se você tem divida com o cartão de credito e há meses vem pagando o mínimo, sem ver diferença no montante da divida, saiba que esse mínimo que você está pagando é somente os juros. O correto é parar de paga o valor mínim e negociar o pagamento do valor total em prestações fixas, assim você liquida a divida.

– Se precisar negociar uma divida com agiotas, não tenha receio, seja firme, mesmo que eles façam ameaças. Agiotagem é crime, se for necessário faça uma queixa policial.

– Quando for negociar com prestadoras de cartão de crédito ou bancos, nunca aceite a primeira proposta que lhe apresentarem, tente encontrar uma melhor opção de negociação.

– Se preferir pague as contas menores primeiro

– Se você sentir que esta sendo lesado na cobrança dos juros e multas das suas dividas. Procure o Juizado de Defesa do Consumidor ou Procon. Eles podem ajudar na negociação.

– É interessante ter uma cópia do Código de Defesa do Consumidor, nele é possível ter acesso aos seus direitos e deveres. E na hora de uma  possível negociação de divida, você tenha conhecimento suficiente.

Dicas para negociar como um profissional:

– Anote tudo, valores, datas, nome do atendente, protocolo.  Nunca espere que uma financeira ou empresa vá se lembrar do que foi acordado sem prova.
– Mantenha copia de todos os pagamentos e depositos feitos. Desta forma você tem prova de que o credor recebeu o pagamento.
– Outra abordagem útil é a boa e velha ameaça de falência.

 

 





Autora da matéria :

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *