Clonazepam – Bula, Preço, Comprimido

Clonazepam trata a epilepsia e transtorno do pânico

Clonazepam está em um grupo de medicamentos chamados benzodiazepínicos. Ele tem a capacidade de afetar as substâncias químicas no cérebro que podem tornar uma pessoa desequilibrada e causar ansiedade.

Clonazepam é utilizado para o alívio a curto prazo dos sintomas de ansiedade. É usado para certos tipos de convulsões, especificamente convulsões petit mal, ataques acinéticos e mioclonia, bem como síndrome de Lennox-Gastaut.

Clonazepam, como todos os outros benzodiazepínicos, acentua os efeitos de outras drogas que retardam os processos do cérebro, como o álcool, barbitúricos e narcóticos e leva ao aumento da sedação.

Os efeitos adversos mais frequentemente observados associados ao uso do clonazepam são a sedação, a qual é relatada em cerca de metade dos pacientes, tonturas, fraqueza e instabilidade. Outros efeitos secundários incluem um sentimento de depressão, perda de orientação, dor de cabeça e distúrbios do sono.

Como todos os benzodiazepínicos, o clonazepam pode causar dependência física. A interrupção do uso deste medicamento pode causar sentimento de perda de auto-estima, insônia, convulsões, tremores, cãibras musculares, vômitos. Assim, a interrupção é normalmente feita através da redução gradual da dose.

O medicamento é contra indicado para quem tem doença grave do fígado, ou é alérgico ao clonazepam ou a outras benzodiazepinas, tais como alprazolam (Xanax), clordiazepóxido (Librium), clorazepato (Tranxene), diazepam (Valium), lorazepam (Ativan ), oxazepam ou (Serax). Clonazepam pode causar danos ao feto e pode causar problemas de alimentação em recém-nascido.

 

 

 

 





Autora da matéria :

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *