Boi Bumba – História

Boi Bumba folclore brasileiro

A Festa do Boi Bumba é realizada anualmente no mês de junho, e é um dos maiores festivais do mundo. O Boi Bumba é um evento realizado na bacia do Amazonas, na cidade de Parintins. Outro lugar para se apreciar a festa do Boi Bumba é em Sâo Luiz capital do Maranhão.

A história do Boi Bumba atinge mais de um século e todos os anos a semana do festival representa o culminar de meses de trabalho em trajes e coreografias elaboradas. O festival de dança do boi é baseado em um conto que foi trazido para a pequena cidade de Parantins por migrantes que vieram para a região em busca de fortuna durante o boom de extração de borracha no
início dos anos 1900. Existem diversas variações da lenda, mas uma versão comum descreve a história de um fazendeiro rico que dá o seu boi preferido, como um presente para sua amada filha, confiando-a aos cuidados de seu fiel marido Pae Francisco. Mae Caterina, esposa grávida de Francisco, desenvolve um desejo estranho pela língua do boi, e Pae Francisco mata o animal para satisfazer a necessidade de sua esposa.

O crime é descoberto, e depois alguns locais são chamados para ajudar a capturar Francisco em seu esconderijo floresta. Ele é apresentado ao agricultor e ameaçado de morte como punição. No entanto, São João Batista visita sonhos do agricultor e avisa para ele não matar o casal. Desesperado, Pae Francisco tenta ressuscitar o boi. Com a ajuda dos xamãs espirituais, chamados curandeiros, no final tudo acaba bem e Francisco é perdoado.

A história que atravessa a história do festival gira em torno de uma antiga rivalidade entre os moradores das cidades. A equipe vermelha (Garantido) “lutam” contra a equipe azul (Caprichoso) em uma partida de canto e dança.

Cada equipe tem algumas horas para superar o concorrente, com os melhores carros alegóricos, fantasias e alegria dos participantes, tudo comentado por um locutor com um eventual vencedor coroado no final da noite.

 





Autora da matéria :

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *