Pit Bull forçado a viver em uma pequena gaiola, ficou deformado. Veja seu Final Feliz !

Essa história de cortar o coração foi publicada na internet no ano passado, e, me chamou a atenção por dois motivos: até onde pode chegar a maldade do ser humano e como o amor e a atenção podem salvar uma vida (seja ela de um animal de estimação ou de um ser humano).

Landis. Photo credit: Second Chance Rescue NYC Dogs

Os cães geralmente são dependentes dos seres humanos e, embora muitas pessoas tenham prazer em cuidar de seus animais de estimação, outras simplesmente agem de forma desumana e os animais acabam em um estado deplorável. E foi isso que aconteceu Landis, uma mistura de pit bull resgatado em Nova York pelo pelo grupo Second Chance.

Landis. Photo credit: Second Chance Rescue NYC Dogs

Landis foi negligenciado por seus donos e trancado em uma gaiola por dois anos. Como resultado suas pernas se desenvolveram de maneira “dobrada”, e, devido a isso os tendões das quatro pernas foram rompidos. Além disso Landis não cresceu e tinha baixo peso.

Landis. Photo credit: Second Chance Rescue NYC Dogs

Depois de uma visita ao veterinário Landis recebeu duas opções de tratamento, uma era uma cirurgia invasiva e reconstrutiva na parte inferior do corpo. E a outra um tratamento com terapia natural, o que foi mais indicado.

Landis fez todos os tipos de exercícios para fortificar a parte inferior do corpo, e mesmo com seu estado emocional abalado, ele sorria para todas as pessoas envolvidas na sua recuperção.

Landis. Photo credit: Second Chance Rescue NYC Dogs

Graças ao empenho da equpe do Second Change, landis se recuperou bem e foi rapidamente adotado por uma família cheia de amor para dar. Sua nova casa tinha um quintal grande e outros dois cachorros para brincar.

Landis. Photo credit: Second Chance Rescue NYC Dogs

Infelizmente a dor e o sofrimento que Landis sofreu com seu primeiro dono não pode apagada, mas sua nova família certamente fará o resto da sua vida muito mais feliz.





Autora da matéria :

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *