O que é Microcefalia e Tem Cura ?

Microcefalia é um importante sinal neurológico

Microcefalia é uma condição médica rara em que a circunferência da cabeça de uma criança é menor do que o normal, porque o cérebro não se desenvolveu corretamente ou parou de crescer. Microcefalia pode estar presente no nascimento ou pode desenvolver-se nos primeiros anos de vida. É mais frequentemente causada por anormalidades genéticas que interferem com o crescimento do cérebro durante os primeiros meses de desenvolvimento fetal.

O que causa a microcefalia?

Microcefalia é causado pela exposição a substâncias prejudiciais durante o desenvolvimento fetal, ou pode estar associada com problemas genéticos ou síndromes que podem ter uma tendência para ocorrer em famílias.

Causas de microcefalia podem incluir:

– Síndrome do alcoolismo fetal
– Diminuição de oxigênio para o cérebro fetal devido a complicações na gravidez ou complicações durante o parto
– A fusão prematura das articulações (suturas) entre as placas ósseas que formam o crânio de uma criança
– Anormalidades cromossômicas, como a Síndrome de Down
– Infecções do feto durante a gravidez, como a toxoplasmose, citomegalovírus e sarampo (rubéola)
– Abuso materno de drogas ilegais

Microcefalia pode ocorrer isoladamente ou em associação com outros problemas de saúde, e pode ocorrer a partir de uma herança autossômica recessiva, ou raramente, um gene autossômico dominante.

Quais são os sintomas de microcefalia?

Os sintomas mais comuns da microcefalia são: aparência da cabeça do bebê é muito pequena, grito agudo, má alimentação, convulsões, aumento do movimento dos braços e pernas, atrasos de desenvolvimento, distorção facial, nanismo ou baixa estatura e retardo mental.

No entanto, vale lembrar que cada criança pode apresentar sintomas diferentes.

Os sintomas podem assemelhar-se a outras condições ou problemas médicos. Sempre consulte o médico para um diagnóstico.

Tratamento e Cura

Não existe tratamento para a microcefalia que pode retornar a cabeça de uma criança a um tamanho ou forma normal. O tratamento se concentra em maneiras de diminuir o impacto das deformidades associadas e incapacidades neurológicas. Crianças com microcefalia e atraso de desenvolvimento são geralmente avaliadas por um neurologista pediátrico. Tratamentos com terapeutas da área física, da fala e ocupacionais ajudam a maximizar as habilidades e minimizar a disfunção. Os medicamentos são frequentemente utilizados para controlar convulsões, hiperatividade e sintomas neuromusculares.

Microcefalia 1

Microcefalia 2

Microcefalia 3

Microcefalia 4





Autora da matéria :

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *