Mogno Africano – Imagens

Mogno é realmente nativo da Amazônia, mas vem de outras áreas e é exportado em todo o mundo como madeira de construção, móveis, pisos e outros produtos. O mogno na maioria das vezes é proveniente do: Peru, Venezuela, Costa Rico, Brasil e Honduras, já o mogno africano é uma dos mais impressionantes e procurados gênero de mogno.

Mogno africano também é comumente referido como mogno Khaya, Gana, Nigéria e Costa do Marfim. As árvores podem atingir alturas de pelo menos 150 metros e são utilizadas para uma ampla variedade de projetos de carpintaria para a casa e outras funções. Além de pavimentação, bares, casa e construção doméstica, o mogno Africano é comumente usado para mesas, barcos, instrumentos musicais e até mesmo tacos de bilhar.

O mogno africano tem uma cor  ligeiramente rosada.Sua cor pode variar também em tons marrom-avermelhada.  É tipicamente mais leve do que as outras variedades. O apelo de madeira do mogno africano é que tem beleza e força. Em outras palavras, é uma madeira forte e resistente para criar produtos duráveis, mas consegue ser impressionante no acabamento também. Embora seja uma variedade mais difícil de se trabalhar, ela ainda é uma escolha popular.

O mogno africano começou a ser produzido no Brasil em 1989, com seu plantio na região de Belém, no Pará. E hoje ocupa áreas onde anteriormente haviam plantado o mogno-brasileiro. Calcula-se que existam em torno de um milhão desta espécie plantada em território paraense.

Atualmente a disseminação do mogno africano já chegou aos estados de: Goiás, Minas Gerais, São Paulo e Paraná.

 

 

 

 

 





Autora da matéria :

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *