Folia de Reis – Minas Gerais

Folia de Reis trabalho de fé e devoção.

A tradição da Folia de Reis, nasceu na Europa na Idade Média,e  marca a conclusão oficial das celebrações do Natal – o que significa, é hora de desmontar o pinheiro e pôr de lado as decorações.

Apesar de Folia de Reis assumir muitas formas e nomes – Reisado, Terno de Reis, Tiração de Reis – no centro dessa tradição trazida ao Brasil pelos colonizadores Português no século XVIII ha uma profunda religiosidade, expressa na música, pantomimas, roupas coloridas, visitas a lares onde há um presépio e outros elementos que homenageiam o nascimento de Jesus e revivem a viagem e visita dos Três Reis Magos.

Folia de Reis que, no período de 24 de dezembro a 6 de janeiro, Dia de Reis, peregrina por ruas à procura de acolhida ou em direção a algum presépio. E dentro da tradição cristã marca o dia em que o três reis magos levaram presentes a Jesus Cristo.
Durante o cortejo de visita as casas, as famílias oferecem comidas e dinheiro aos integrantes do grupo, para que possam levar as bênçãos por todo o trajeto.
Os integrantes do grupo da folia de reis são: mestre, contramestre (donos de conhecimentos sobre a festa), músicos e tocadores, além dos três reis magos e do palhaço, que dá o ar de animação à festa, fazendo a proteção do menino Jesus contra os soldados de Herodes, que queriam matá-lo.

A Folia de Reis permite o improviso, recriando assim de forma constante o ritual. E com o tempo passam a fazer parte do repertório desta tradição. Isso faz com que cada folia tenha sua própria  de acordo com a região, os ensinamentos que são passados de geração em geração ou mesmo da forma de entendimento do mestre ou embaixador, a pessoa que lidera a folia.

 

 

 

 

 





Autora da matéria :

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *