Caxumba – Transmissão Sintomas Tratamento

 

Caxumba é uma doença viral aguda caracterizada pelo inchaço das glândulas parótidas, logo abaixo e na frente da orelha, e, às vezes, as glândulas salivares sob a mandíbula. Complicações ocasionais incluem meningite (inflamação das membranas que envolvem o cérebro) e pancreatite (inflamação do pâncreas), mas estes geralmente desaparecem sem efeitos adversos permanentes.

A caxumba ocorre mais freqüentemente em crianças de dois a doze anos, embora os adultos não vacinados também são suscetíveis. Pessoas com caxumba são contagiosas por cerca de uma semana antes e duas semanas após o início dos sintomas, que ocorre cerca de duas a três semanas após a exposição ao vírus da caxumba. O modo de transmissão é através do contato direto e gotículas no ar com o início da doença 14-24 dias após a exposição.

Os sinais e sintomas da caxumba são: dor ou inchaço das glândulas parótidas em um ou ambos os lados. Odesconforto pode variar de vagas para dor óbvia ao abrir a boca ou engolir, febre, geralmente com duração de aproximadamente dois a três dias, músculos doloridos, perda de apetite, dor de cabeça, em homens e meninos adolescentes, inchaço em um ou ambos os testículos (muitas vezes, diminui dentro de quatro dias), aversão à luz, letargia e rigidez no pescoço (que pode indicar meningite), dor abdominal superior, náuseas e vômitos (que pode indicar pancreatite), dor abdominal inferior nas mulheres (pode indicar inflamação dos ovários, o que é raro). Apesar de desconfortável, a caxumba é geralmente inofensiva e sintomas normalmente desaparecem dentro de 10 dias. Muitas crianças com caxumba não apresentam sintomas.

O teste sorológico de anticorpos pode diagnósticar o aumento da glândula parótida ou da glaândula  salivar. Se a comparação entre uma amostra de sangue obtida durante a fase aguda da doença e outra amostra obtida três semanas mais tarde, mostra um aumento de quatro vezes no título de anticorpos, o paciente tem maior probabilidade de caxumba.

O tratamento da caxumba  inclui analgésicos para a dor, antitérmicos para a febre, e ingestão adequada de líquidos para evitar a desidratação e anorexia. Se o paciente não pode engolir a reposição de líquidos podem ser usados.Para a prevenção, a vacina MMR (sarampo, caxumba, rubéola) deve ser administrada em crianças.

 

 





Autora da matéria :

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *