Catapora – Transmissão, Sintomas, Cura

Catapora infecção viral

Catapora (varicela) já foi considerado um rito de passagem para a maioria das crianças. Antes de rotina de vacinação a catapora, ela infectou diversas pessoas em fase adulta com complicações graves. Hoje, o número de casos diminuiu dramaticamente.

No entanto, quando a catapora ocorre, é altamente contagiosa entre pessoas que não são imunes. A maioria das pessoas pensam que a catapora é uma doença leve e, para a maioria, é. Infelizmente, não há nenhuma maneira de saber quem vai desenvolver um caso grave.

A vacina contra catapora é uma maneira segura e eficaz de evitar a doença e suas possíveis complicações.

Os sinais e sintomas da catapora são: uma erupção vermelha e coceira, inicialmente se assemelha a picadas de insetos, em sua face, couro cabeludo, tórax e costas. Outros sintomas que podem aparecer são: febre, dor abdominal ou perda de apetite, leve dor de cabeça, sensação geral de mal-estar ou irritabilidade e tosse seca.

A erupção da catapora passa por três fases:

– Bolhas vermelhas, que irrompem em diferentes pontos ao longo de vários dias
– Bolhas cheias de líquido que permanecem na pele por um dia até vazarem
– Crostas e descamação, que cobrem as bolhas estouradas que levam alguns dias para desaperecer.

A doença é geralmente leve em crianças saudáveis. Em casos graves, a erupção pode se espalhar por todo corpo, e as lesões podem se formar na garganta, olhos e membranas mucosas da uretra, ânus e vagina. Novos pontos continuam a aparecer por vários dias.

Em crianças saudáveis, a catapora geralmente não requer tratamento médico. O médico pode prescrever um anti-histamínico para aliviar a coceira. Para as pessoas que têm um alto risco de complicações da catapora, os médicos às vezes prescrevem medicamentos para encurtar a duração da infecção e para ajudar a reduzir o risco de complicações.

 





Autora da matéria :

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *