Caso do Sequestro de 276 Meninas da Nigéria

Sequestro de centenas de estudantes na Nigéria chocou o mundo

Centenas de estudantes estão desaparecidos e milhares de civis foram mortos na região nordeste da Nigéria Nordeste, onde o grupo militante Boko Haram governa impunemente. Segue o que você precisa saber sobre o caso do Sequestro de 276 Meninas da Nigéria.

Como tudo começou

No dia 15 de abril, cerca de 276 meninas foram tiradas de seus dormitórios escolares na cidade de Chibok , onde elas se reuniram para fazer os exames finais. Militantes do grupo jihadista Boko Haram dominaram os seguranças e levaram as meninas em um caminhão. Nas primeiras horas após o sequestro, cerca de 50 meninas conseguiram escapar. Mas, ao contrário das afirmações iniciais do governo, nenhuma estudante foi resgatada. Os terroristas ameaçaram vender as reféns restantes como escravas. De acordo com informações em sites de jornalismo internacional, duas meninas morreram e muitas estão doentes.

A atenção global se voltou para o sequestro, quando um vídeo do líder da Boko Haram, divulgado na internet, se responsabilizou pelo sequestro.

Quem é Boko Haram ?

Boko Haram tem aterrorizado a Nigéria desde 2009, com o objetivo de estabelecer um Estado islâmico governado pelas leis sharia. Sua ideologia tem profundas raízes culturais em uma área onde as mulheres raramente são matriculadas na escola.

Muitos dos soldados de Boko Haram são meninos sem educação, que foram treinados por clérigos muçulmanos extremistas. E eles estão tentando impor as suas ideias.

Por que as meninas e seus raptores são tão difíceis de encontrar?

O reduto do Boko Haram no nordeste da Nigéria, onde o ataque ocorreu , é uma fronteira de floresta entre Níger, Camarões e Chade. Acredita-se que as jovens tenham sido divididas em grupos menores, espalhados pela região da floresta de Sambisa, uma mata densa que tem 60 mil quilômetros quadrados.

Quais são as metas da Boko Haram ?

Campanha de violência do Boko Haram não se limita ao rapto de meninas que frequentam a escola. Há dois meses, o grupo raptou cerca de 60 estudantes do sexo masculino, deixando as mulheres fugir com um aviso para se casar. Uma campanha para desestabilizar o país tem aumentado rapidamente este ano. A capital da Nigéria, Abuja foi abalada por atentados nas últimas semanas, com o número de mortos se aproximando de 100, e na quarta-feira , um ataque atribuído a militantes matou cerca de 300 pessoas em uma cidade de fronteira . A Anistia Internacional estima que o grupo foi responsável por 1.500 mortes só este ano.

O que está sendo feito

Durante três semanas, pouca atenção foi dada à situação de reféns da Nigéria , mas uma campanha de mídia social crescente chamou a atenção para o fato. Na semana, a hashtag # BringBackOurGirls recolheu 1,2 milhões de tweets para catalisar a ação internacional .

Protestos atingiram grandes cidades de todo o mundo, com os ativistas exigindo que o governo intensifique os seus esforços para resgatar as meninas e exigindo a intervenção da comunidade internacional.
Sequestro de 276 Meninas da Nigéria 1

Sequestro de 276 Meninas da Nigéria 2 Sequestro de 276 Meninas da Nigéria 3

Sequestro de 276 Meninas da Nigéria 4





Autora da matéria :

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *