Barroco: Pinturas caracteristicas e historia

O período barroco engloba todas as manifestações artísticas dos anos 1600 e início dos anos 1700. Desenvolveu-se primeiramente nas artes plásticos e estende-se à música, pintura, escultura e arquitetura da época.

O barroco surgiu na Itália no século XVII, depois que a Igreja Católica perdeu poder no século XVI, e a arte passa a  expressar todo o contraste deste período: a espiritualidade e teocentrismo da Idade Média com o racionalismo e antropocentrismo do Renascimento.

As obras dos artistas barrocos europeus valorizam as cores, as sombras e a luz, e representam os contrates,  valorizando o movimento. Os temas principais são: mitologia, passagens da Bíblia e a história da humanidade. As cenas retratadas costumam ser sobre a vida da nobreza, o cotidiano da burguesia, naturezas-mortas entre outros. As esculturas barrocas mostram faces humanas marcadas pelas emoções, principalmente o sofrimento. Os traços se contorcem, demonstrando um movimento exagerado. Predominam nas esculturas as curvas, os relevos e a utilização da cor dourada.

Os principais artistas do barroco europeu foram: o espanhol Velásquez, o italiano Caravaggio, os belgas Van Dyck e Frans Hals, os holandeses Rembrandt e Vermeer e o flamengo Rubens.

O barroco brasileiro recebeu influência do barroco português, mas com o passar do anos foi criando características próprias. A grande produção artística barroca no Brasil se deu nas cidades do estado de  Minas Gerais, no chamado século do ouro.

O principal representante do barroco mineiro foi o escultor e arquiteto Antônio Francisco de Lisboa também conhecido como Aleijadinho. Sua obras, mostravam um forte caráter religioso, e eram feitas em madeira e pedra-sabão. Suas principais obras foram : Os Doze Profetas e Os Passos da Paixão, na Igreja de Bom Jesus de Matozinhos, em Congonhas do Campo (MG).

Podem ser citados outros artistas brasileiros que seguiram o estilo barroco, entre eles: o pintor mineiro Manuel da Costa Ataíde e o escultor carioca Mestre Valentim.

O período final do barroco (século XVIII) é chamado de rococó algumas caracerísticas novas se destacam : presença de curvas e muitos detalhes decorativos (conchas, flores, folhas, ramos), temas  relacionados à mitologia grega e romana, além dos hábitos das cortes também aparecem com freqüência.





Autora da matéria :

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *